Feeds:
Posts
Comentários

Nós mudamos de endereço.

Agora estamos em: http://espiritualistas.net


O blog http://espiritualistas.concurseiros.org não está mais disponível, o novo endereço é http://espiritualistas.net

=) Aguardamos a sua visita.

Anúncios

Como o post mais visitado do ano de 2007 foi o “Oração para Yemanjá” resolvi fazer uma “coletânia” de orações a ela =)

 

 

Oração para Yemanjá

‘Salve, Estrela do Mar, deusa poderosíssima, mãe e advogada de todos os que navegam no mar agitado da vida! À vossa valiosa proteção confia-nos o vosso séqüito de auxiliares, sereias, ninfas, caboclas do mar, para serem nossas guias, protetoras, consolo e alento durante as tempestades da vida terrestre. Refugiamo-nos cheios de confiança e fé em vossa aura e manto vibratório. Seja nossa guia, seja nosso farol, seja sempre nossa brilhante estrela divina que nos orienta, a fim de que nunca pereçamos nem nos falte rumo da rota segura que nos fará desviar dos escolhos do mar agitado da vida material. Aceitai a minha devoção humilde como símbolo de meu carinho e esperança, para que eu possa trilhar o caminho vital com a mente limpa e o corpo sem os fluídos negativos que possam dificultar minhas atividades. Assim seja’.

Livro: IEMANJÁ

Autor: J. EDSON ORPHANAKE

 

Oração para Iemanjá

Iemanjá, derramai vossos poderosos fluídos sobre todos nós. Que vossa misericórdia continue a se estender sobre todos os reinos. Que os fracos sejam protegidos pelos vossos braços e que os humildes sejam enaltecidos pelo ruído do mar. Que os movimentos das ondas transmitam muita paz e amor. Que os orgulhosos percam a arrogância e sintam como é bom ser bom, porque a maldade só nos torna pequenos perante o vosso reino, Senhora. Que os doentes recebam de vós, minha Santa Rainha, a cura para todos os males, através das emanações e de vossas vibrações e que nós sejamos purificados em vossas sagradas águas. Que a força do vosso reino seja para nós um escudo contra as más influências dos seres inferiores, pois ainda somos crianças no reino em que vivemos e mal o conhecemos. Que o vosso sagrado manto agasalhe todos os necessitados e traga o vosso calor de Santa Mãe, que vós sois. Senhora, tende piedade de tantos que, como eu, vos invocamos neste momento sublime. Atendei-nos em nossos pedidos. Senhora Rainha do Mar e para tanto deixamos nossas suplicas na sétima onda do vosso mar. Assim seja’.

Livro: IEMANJÁ

Autor: J, EDSON ORPHANAKE

 

Súplica à Iemanjá

‘Sereia Rainha, protetora da fauna e flora marítima, guia dos marinheiros, navegantes, pescadores e dos que se encontram perdidos nos mares da existência, dirige também os humildes, os simples de coração, os fracos, os aprendizes, os ignorantes e todos os que se desviaram da rota correta com suas incertezas morais e evangélicas, navegando em ondas tempestuosas sem divisar o porto seguro da perfeição espiritual.

Senhora dos Oceanos, símbolo da fecundidade, da procriação e do princípio vital surgido em suas águas, sê também a imagem da fecunda pureza a ser seguida por aqueles que estão famintos de ajuda espiritual, sedentos de Justiça e necessitados de caridade, criando nos cérebros de nossos companheiros a consciência de nossa condição de irmãos vindos da mesma origem e destinados a alcançar mundos elevados, integrando-os no Todo que é Zâmbi, Olorum, Jeová, Deus, Consciência Cósmica ou qualquer outro nome que se lhe dêem e tornando-nos iguais, porque assim o somos, malgrado as aparências exteriores.

Orixá dos Mares, representante das emoções, da reprodução e da restauração, conforme crença de nossos antepassados africanos; controla as atividades emotivas de nossas autoridades, políticos, dirigentes de grupos religiosos, iluminando-lhes as mentes e os corações para produzirem idéias e empreendimentos salutares visando minorar o sofrimento de milhares de criaturas, diariamente atiradas em nossas tendas, terreiros, ilês e templos, carregando pesado fardo de angústia, ansiedade, desespero, doenças físicas e psíquicas, desequilibradas emocionalmente, em decorrência de adversidades na luta pela sobrevivência ou da situação difícil que atravessamos, sofrendo revezes e derrotas, à procura de emprego, sofrendo a situação precária ou de outros fatores negativos que lhes imponham sofrimentos morais e psicológicos .

Deusa das Águas, juntamente com sua corte de sereias, ondinas e ninfas, caboclas do mar e espíritos aquáticos, lava as impurezas da mente daqueles que, afastados dos nobres ensinamentos do mestre Oxalá, guiados pelo instinto animal, procedam mal, intentando toda sorte de maldades contra o semelhante, para que, purificados em seus sentimentos, entrevejam e se conscientizem de que somos todos células do mesmo organismo social, humano, divino e, enquanto existir uma célula doente, o corpo todo não está sadio.

Mãe Universal, faça que todos se irmanem nos mesmos ideais e sentimentos cristãos de fraternidade, união e compreensão; que os companheiros que forem às praias para te homenagearem, o façam com todo respeito, afeto e carinho e, acima de tudo, com esperança de um futuro melhor para o gênero humano, sem mágoas, ódios ou ressentimentos, mas com amor, a única semente capaz de gerar bons frutos, sê, querida Sereia, a base devocional de nossa estimada Umbanda, fazendo-a progredir para o bem comum; que todos, na praia, à beira de teu encantado Reino líquido, se dêem as mãos e se unam em bondade, caridade e amor uns aos outros para, limpos das impurezas dos vícios e imperfeições materiais, estejam aptos a alcançarem o plano angélico, a meta mais próxima do estágio humano, para breve podermos nos integrar na Mente Divina em Sua glória e onipotência .

Livro: IEMANJÁ

Autor: J. EDSON ORPHANAKE

Todas as orações foram retiradas do site: www.xamanismo.com.br

Aconselho a visitação desse site através desse link (basta clicar aqui) para que o leitor possa ter acesso a outras orações bem como mais informações sobre Iemanjá.

 

 

O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho da sua história.

O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e o AGORA.

Claro que a vida prega peças.

É lógico que, por vezes, o pneu fura, chove demais…

mas, pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia?

Tem sentido ficar chateado durante o dia todo por causa de uma discussão na ida pro trabalho?

Quero viver bem.

2007 foi um ano cheio.

Foi cheio de coisas boas e realizações, mas também cheio de problemas e desilusões.

Normal.

Às vezes se espera demais das pessoas.

Normal.

A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou.

Normal.

2008 não vai ser diferente.

Muda o século, o milênio muda, mas o homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas e aí?

Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?

O que eu desejo para todos nós é sabedoria!

E que todos saibamos transformar tudo em uma boa experiência!

Que todos consigamos perdoar o desconhecido, o mal educado. Ele passou na sua vida.

Não pode ser responsável por um dia ruim…

Entender o amigo que não merece nossa melhor parte.

Se ele decepcionou, passe-o para a categoria 3 dos amigos.

Ou mude de classe, transforme-o em colega.

Além do mais, a gente, provavelmente, também já decepcionou alguém.

O nosso desejo não se realizou? Beleza, não tava na hora, não deveria ser a melhor coisa pra esse momento (me lembro sempre de um lance que eu adoro: CUIDADO COM SEUS DESEJOS, ELES PODEM SE TORNAR REALIDADE).

Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano.

Não adianta lutar contra isso.

Mas se a gente se entende e permite olhar o outro e o mundo com generosidade, as coisas ficam diferentes.

Desejo para todo mundo esse olhar especial.

2008 pode ser um ano especial, muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos à volta nisso.

Somos fracos, mas podemos melhorar.

Somos egoístas, mas podemos entender o outro.

2008 pode ser o bicho, o máximo, maravilhoso, lindo, espetacular… ou…

Pode ser puro orgulho!

Depende de mim, de você!

Pode ser.

E que seja!!!

Feliz olhar novo!!!

Que a virada do ano não seja somente uma data, mas um momento para repensarmos tudo o que fizemos e que desejamos, afinal sonhos e desejos podem se tornar realidade somente se fizermos jus e acreditarmos neles!”

(Carlos Drummond de Andrade)

(Original: 2005/2006, modificado para: 2007/2008)

“… como é bom desejar coisas boas para você e para outras pessoas. […] Devemos observar que tudo que pensamos ou tudo que realizamos estará irradiando, em torno de nós, vibrações que são únicas, como se fosse a nossa digital espiritual. Por isso, se estamos nos sentindo mal, se passamos por constantes aflições e distúrbios, tanto psicológicos como espirituais, é porque estamos abrindo uma porta através do nosso modo de agir e pensar para uma série de outras vibrações e sentimentos espraiados no Fluido Cósmico Universal, que se afinam conosco. “Buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á” – disse Jesus. Nosso pensamento pode, rusticamente, ser comparado ao aparelho seletivo de de uma rádio que está buscando a sintonia com determinada freqüência, uma vez encontrada, estaremos, de alguma sorte, sendo influenciados por ela. Assim também, pelos nossos pensamentos e atos, atraímos formas-pensamentos, com os quais nos afinamos. […] Assim, é fácil concluir com você que para toda ação há uma reação, para todo estímulo há uma resposta e para todo pensamento há uma conseqüência mental. Concluímos pela importância do pensamento positivo, como verdadeiro escudo de proteção, como também o é a auto-afirmação para mentes e corpos sadios…”

O trecho acima foi retirado da obra “Exercícios Espirituais para viver melhor” da editora DPL; de Rinaldo De Santis / Lázaro. Clique na capa do livro para ler sua sinopse no site da editora.

[tags]Pensamento, Força do Pensamento, Rinaldo De Santis, Mensagens espiritualistas[/tags]

[bbl]Pensamento, Força do Pensamento, Rinaldo De Santis, Mensagens espiritualistas[/bbl]

Ano Novo!

“Entre um ano que se vai
E outro que se inicia,
Há sempre nova esperança,
Promessas de Novo Dia…

Considera, meu amigo,
Nesse pequeno intervalo,
Todo o tempo que perdeste
Sem saber aproveitá-lo.

Se o ano que se passou
Foi de amargura sombria,
Nosso Pai Nunca está pobre
Do pão de luz da alegria.

Pensa que o céu não esquece
A mais ínfima criatura,
E espera resignado
O teu quinhão de ventura.

Considera, sobretudo
Que precisas, doravante,
Encher de luz todo o tempo
Da bênção de cada instante.

Sê na oficina do mundo
O mais perfeito aprendiz,
Pois somente no trabalho
Teu ano será feliz.

Não esperes recompensas
Dos bens da vida terrestre,
Mas, volve toda a esperança
A paz do Divino Mestre.

Nas lutas, nunca te esqueça
Deste conceito profundo:
O reino da luz de Cristo
Não reside neste mundo.

Não olhes faltas alheias,
Não julgues o teu irmão,
Vive apenas no trabalho
De tua renovação.

Quem se esforça de verdade
Sabe a prática do bem,
Conhece os próprios deveres
Sem censurar a ninguém.

Ano Novo!… Pede ao Céu
Que te proteja o trabalho,
Que te conceda na fé
O mais sublime agasalho.

Ano Bom!… Deus te abençoe
No esforço que te conduz
Das sombras tristes da Terra
Para as bênçãos de Jesus.”

Pelo Espírito Casimiro Cunha – Psicografia de Chico Xavier

Retirado da Lista: Hino da Semana

[tags]Mensagens espiritualistas, mensagens psicografadas, Mensagens de ano novo, Chico Xavier[/tags]

[bbl]Mensagens espiritualistas, mensagens psicografadas, Mensagens de ano novo, Chico Xavier[/bbl]

  

 

Perto da virada do ano, e nós cheios de planos, com tantas metas para realizações. Por isso, pensei num texto como este, que impulsiona nosso acreditar, mas sem nos deixar esquecer do nosso agir.

 

É o nosso ‘Espiritualistas’, entrando no clima de 2008, agradecendo a presença dos leitores que nos motivam a acreditar nessa iniciativa e continuar agindo, divulgando os bons textos à serviço do Bem.

 

Ano que vem, pretendemos mudar de domínio para melhorarmos ainda mais! Então muita fé e otimismo para o próximo ano!

 

Lembrando que todos podem contribuir com o blog, bastanto registrarem-se e depois entrarem, ficando o artigo pendente da nossa aprovação. Para qualquer  contato diretamente com a gente contato basta  clicar em “Fale Conosco”.  (http://espiritualista.concurseiros.org/?page_id=56)
Um grande abraço à todos Espiritualistas que nos acompanham,
Cristina Rafaela.

 

 

 

Acreditar e Agir

Um viajante caminhava pelas margens de um grande lago de águas cristalinas e imaginava uma forma de chegar até o outro lado, onde era seu destino.
 
Suspirou profundamente enquanto tentava fixar o olhar no horizonte. A voz de um homem de cabelos brancos quebrou o silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo. Era um barqueiro.
 
O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho. O viajante olhou detidamente e percebeu o que pareciam ser letras em cada remo. Ao colocar os pés empoeirados dentro do barco, observou que eram mesmo duas palavras. Num dos remos estava entalhada a palavra “acreditar” e no outro “agir”.
 
Não podendo conter a curiosidade, perguntou a razão daqueles nomes originais dados aos remos.
 
O barqueiro pegou o remo, no qual estava escrito acreditar, e remou com toda força. O barco, então, começou a dar voltas sem sair do lugar em que estava. Em seguida, pegou o remo em que estava escrito agir e remou com todo vigor. Novamente o barco girou em sentido oposto, sem ir adiante.
 
Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos, movimentou-os ao mesmo tempo e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas do lago, chegando calmamente à outra margem.
 
Então o barqueiro disse ao viajante:
 
– Este barco pode ser chamado de autoconfiança. E a margem é a meta que desejamos atingir.
 
– Para que o barco da autoconfiança navegue seguro e alcance a meta pretendida, é preciso que utilizemos os dois remos ao mesmo tempo e com a mesma intensidade: agir e acreditar.
 
Não basta apenas acreditar, senão o barco ficará rodando em círculos, é preciso também agir para movimentá-lo na direção que nos levará a alcançar a nossa meta.
 
Agir e acreditar. Impulsionar os remos com força e com vontade, superando as ondas e os vendavais e não esquecer que, por vezes, é preciso remar contra a maré.
 
Gandhi tinha uma meta: libertar seu povo do jugo inglês. Tinha também uma estratégia: a não violência.
 
Sua autoconfiança foi tanta que atingiu a sua meta sem derramamento de sangue. Ele não só acreditou que era possível, mas também agiu com segurança.
 
Madre Teresa também tinha uma meta: socorrer os pobres abandonados de Calcutá. Acreditou, agiu, e superou a meta inicial, socorrendo pobres do mundo inteiro.
 
Albert Schweitzer traçou sua meta e chegou lá. Deixou o conforto da cidade grande e se embrenhou na selva da África francesa para atender os nativos, no mais completo anonimato.
 
Como estes, teríamos outros tantos exemplos de homens e mulheres que não só acreditaram, mas que tornaram realidade seus planos de felicidade e redenção particular.
 
E você? Está remando com firmeza para atingir a meta a que se propôs?
 
Se o barco da sua autoconfiança está parado no meio do caminho ou andando em círculos, é hora de tomar uma decisão e impulsioná-lo com força e com vontade.
 
Lembre que só você poderá acioná-lo utilizando-se dos dois remos: agir e acreditar.
 
……………
 
Caso você ainda não tenha uma meta traçada ou deseje refazer a sua, considere alguns pontos:
 
Verifique se os caminhos que irá percorrer não estarão invadindo a propriedade de terceiros.
 
Se as águas que deseja navegar estão protegidas dos calhaus da inveja, do orgulho, do ódio.
 
E, antes de movimentar o barco, verifique se os remos não estão corroídos pelo ácido do egoísmo.
 
Depois de tomar todas essas precauções, siga em frente e boa viagem.
 

Autor:
Equipe de Redação do Momento Espírita, com base em texto recebido pela Internet, sem menção a autor.

Não repise suas dificuldades e dores, porque isso prejudica sua saúde, provoca enfermidades.

Não dê a seu corpo alimentos nocivos, de pensamentos negativos.

Fale sempre de saúde e riqueza, de progresso e vitória.

Diga: “a força de Deus habita dentro de mim!”

Os bonspensamentos produzem frutos de alegria e aumentam a felicidade cada dia mais.

A palavra do homem é responsável pelo estado de sua saúde física.

*Retirei do “Minutos de Sabedoria”, ele já está sem capa, então não sei de qual editora ou ano de publicação. Sei que sua autoria é de Carlos Torres Pastorino

** Imagem retirada de uma apostila de Carlos Augusto Parchen. A apostila brevemente estará no blog.